Corrupção / Dinheiro público / Wellington Dias · 2 de maio de 2021

Wellington Dias prorroga estado de calamidade até dezembro, possibilitando mais dinheiro Federal e compras sem licitação

O Governador Wellington Dias prorrogou o estado de calamidade pública, por conta do coronavírus, até dezembro de 2021.

Com isso, o Governo do Estado tem acesso a recursos financeiros federais de forma facilitada, empréstimos compulsórios, pode fazer fazer compras emergenciais sem licitação e ultrapassar as metas fiscais previstas para custear ações de combate ao novo coronavírus.

Dentre as opções acima, o que faz Wellington Dias crescer os olhos são as duas primeiras: dinheiro federal e compras sem licitação.

O Governador, enquanto afirma que a COVID está se estabilizando no Piauí, precisa de mais recursos para patrocinar as eleições do próximo ano – por isso ele precisa de bastante dinheiro federal.

E, para continuar com os desvios financeiros que geraram operações da Polícia Federal como Onzena e Campanile, que investigam roubos durante a pandemia no Governo do Estado, ele precisa realizar compras sem licitação.

É o ambiente perfeito para Wellington Dias atuar.