CMT · 8 de maio de 2021

Vereador Venâncio herdou as velhas práticas da sua mãe Flora Izabel

Não vamos parar em dar publicidade e transparências aos gastos inescrupulosos dos nossos vereadores de Teresina. Chegou a vez de mostrar o gabinete do Vereador Venâncio Cardoso, o filho da deputada Flora Izabel.

As mesmas práticas feitas por Joaquim do Arroz e Zé Nito denunciadas aqui ontem, na qual o suplente assume o mandato e ilegalmente paga assessores que prestam serviços para o titular, tem sido feito por Venâncio.

Basta ver que dos seus 18 assessores que custam R$ 51.300,00 todos os meses, 7 deles estavam no gabinete do R. Silva, seu suplente na legislatura passada que assumiu o cargo quando Venâncio participava da gestão.

Temos ainda o caso da assessora Thais Ramos da Silva que acumula função pública no gabinete do vereador e na Secretaria de Saúde do Estado – como em outros casos de acúmulo de cargos, já abrimos representação no Ministério Público.

O filho da Flora é apenas mais um com as velhas praticas. São esses filhotes de políticos que vão herdando dos seus pais as práticas e se perpetuando no poder como uma capitania hereditária.

Até quando vamos ser governados por políticos que fazem da politica um ambiente familiar de acúmulo de poder e capital?