Corrupção / Governo do Estado · 10 de maio de 2022

Sogro de Rafael quer obras emergenciais de estradas que ele é o responsável pela manutenção

O sogro de Rafael Fonteles, o empresário de Picos, Araujinho, se colocou na lista de INTERESSADOS em realizar as obras emergenciais nas estradas estaduais após o decreto de Regina Sousa. O problema é que, em 2019, a Construtora Soma, de sua propriedade, já ganhou licitação para recuperar algumas vias que, agora, estão nessa lista de emergenciais.

Algumas dessas rodovias estaduais são: PI-243, entre Francisco Macedo e Padre Marcos, as PI-120, 225, 469 e 224, PI-460 (Paquetá) e PI-142 (Fronteiras).

Veja que o contrato da licitação ainda está vigente e é válido entre 2019 e 2023, ou seja, antes mesmo do contrato terminar a mesma construtora já está “inscrita” para fazer uma obra emergencial no mesmo local que ela é responsável pela manutenção.

Atualmente, só nesse contrato para “tapa buraco” serão R$ 42 milhões que podem ser destinados ao mesmo Araujinho que, em 2019, venceu licitação para realizar a manutenção dessas vias.

De 2015 até 2022, época que Rafael Fonteles foi Secretário de Fazenda, a Construtora de Araujinho ganhou cerca de R$ 100 milhões em obras no Governo do Estado.