Eleições 2022 · 27 de abril de 2022

Quantos milhões valem um mandato de deputado federal?

O PT, lá no fim dos anos 80 e 90, quando Wellington Dias no Piauí (e Lula no Brasil) davam seus primeiros passos como políticos era um partido que dizia lutar contra as oligarquias. Um dos alvos eram os poderosos que enriqueceram com negócios estranhos com o governo.

Certamente, pessoas como Jadyel Alencar e Rafael Fonteles, para os padrões petistas dos anos 80, seriam considerados inimigos da população.

Hoje, eles são o símbolo do partido: milionários que ficaram ricos JUSTAMENTE por contratos com o Governo do Estado.

Jadyel, que é candidato a deputado federal e lançou ontem sua campanha, deve fazer uma das eleições mais caras já vistas na história do Piauí.

Envolvido em operações da Polícia Federal que investigam compras superfaturadas feitas na pandemia pelo Governo do Estado através da Dimensão Distribuidora, de sua propriedade.

Ele está em todas: é considerado uma pessoa com proximidade com Ciro Nogueira e também com Rafael Fonteles. Não tem críticas a nenhum dos dois e, caso Jadyel ganhe, ele apoiará qualquer um dos governos que virá.

Agora, o empresário dos contratos governamentais quer ser deputado federal pela chapa PV/PT.

Quais são suas intenções? Como justificar gastar milhões para receber um salário de deputado? O que a Câmara Federal tem que sua vida privada não pode lhe oferecer?

Essas são as perguntas que o piauiense deve sempre se fazer quando for escolher um candidato para representar suas ideias e valores. Candidaturas milionárias já nascem com o pedigree da péssima política, não há muito o que se esperar de candidatos como Jadyel e Rafael, aumentar o seu poder é muito mais do que uma vontade e missão de representar o povo.