Geral · 14 de março de 2022

Por que somos contra o jornalismo com dinheiro público?

Uma das nossas maiores críticas é em relação ao jornalismo que vive de dinheiro público. Mas, afinal, por que consideramos errado meios de comunicação receberem dinheiro de governos?

O primeiro motivo é que dinheiro público é o dinheiro que foi tirado da sociedade, através de impostos, para que sejam pagos os serviços públicos, principalmente para as pessoas mais pobres. Os principais deles são SAÚDE, SEGURANÇA e EDUCAÇÃO.

O jornalismo não é um serviço oferecido pelo Governo. O argumento usado é que os governos precisam divulgar ações oficiais para que a população saiba o que está sendo feito (como, por exemplo, campanhas de vacinação). Mas em época de rede social, esse argumento não é mais válido.

Ao pagar meios de comunicação, o governo está diminuindo dinheiro para saúde, segurança e educação.

A segunda parte diz respeito ao conflito de interesses. Emissoras que recebem dinheiro do governo estão comprometidas com defender aquele governo.

Como investigar o seu “patrão”? Isso não vai acontecer. É por isso que vemos emissoras como a Meio Norte, que recebe muito dinheiro e benesses públicas, sem praticamente uma única investigação. Seu jornalismo se limita a propagar apenas as mensagens que os políticos no poder querem.

O que percebemos no Piauí é que toda mídia que vive de dinheiro público trabalha contra os interesses da sociedade e a favor dos interesses de políticos.

Precisamos de mais mídias independentes, de jornalistas e meios de comunicação que busquem outras formas de financiar seus trabalhos sem que seja com dinheiro público. São esses canais descentralizados e fora do controle de governos que podem levar informações verdadeiras para você.

Apoie jornalistas independentes.