Ministério Público / Transparência · 21 de julho de 2021

Ministério Público recomenda a não transparência dos animais do Zoobotânico

O Ministério Público expediu, nesta quarta-feira, recomendação à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (SEMAR), por meio da 24ª Promotoria de Justiça de Teresina, para que a transferência dos animais existentes no Parque Zoobotânico de Teresina seja imediatamente suspensa, até que haja análises e perícias técnicas por profissionais qualificados, como médicos veterinários, zootecnistas e biólogos.

Segundo o MP, os animais que estão no Parque Zoobotânico, em sua grande maioria, estão em idade avançada e necessitam de cuidados, principalmente em relação à possível sedação para fins de transporte.

Aos animais de idade avançada, é necessário que haja adaptação, avaliação antes de sua transferência, condição física, peso, condição do jejum pré transporte, bem como a avaliação técnica de novo local para readaptação.

Qual sua opinião sobre a transferência dos animais para santuários?