Piripiri / TCE · 6 de abril de 2022

Marden pede para cancelar denúncia contra seu pai que ele próprio abriu por engano

Em 2016, o pai do deputado estadual Marden Menezes, assumiu como prefeito de Piripiri. Marden, então, abriu uma denúncia no Tribunal de Contas do Estado (TCE) solicitando investigações no Fundo Previdenciário Municipal de Piripiri da gestão anterior, em que o prefeito era Odival Andrade, adversário político do seu pai.

O problema é que o TCE, então, começou a investigar de 2016 em diante, ou seja, a própria gestão do Luís Menezes e, pior ainda, encontrou várias irregularidades.

Marden, então, desesperado pelo rumo que a investigação tomou, solicitou o ARQUIVAMENTO da investigação, já que isso causaria constrangimento a ele, já que uma denúncia que partiu dele iria atingir a gestão de seu pai. O arquivamento foi negado, mas o TCE retirou dos autos que o denunciante era Marden Menezes.

O deputado estadual é o que repetidamente chamamos de FALSA OPOSIÇÃO. Marden não denúncia nada e faz apenas críticas leves ao Governo do Estado por situações como essa: ele têm seus próprios interesses a esconder da sociedade.

Até mesmo quando finge ser oposição fazendo uma denúncia, Marden mete os pés pelas mãos e acaba envolvendo seu próprio pai, agora um investigado por irregularidades no Fundo Previdenciário de Piripiri.

Clique aqui e leia o pedido de desistência de Marden votado pelo conselheiro Jaylson do TCE.