Eleições 2022 / Marden Menezes · 18 de abril de 2022

Marden Menezes comete crime eleitoral em emenda parlamentar

O deputado Marden Menezes (PP) destinou R$ 200 mil de emenda parlamentar para o evento Imperador Race. Na divulgação do material aparece o nome do parlamentar como patrocinador.

A prática é crime eleitoral, já que se utiliza da máquina pública para promoção pessoal. Marden está fazendo campanha com dinheiro público.

Em Goiás, o deputado estadual Cláudio Meirelles sofreram processo por improbidade administrativa por caso semelhante: o parlamentar goiano fez entregas de ambulâncias com seu nome adesivado nos veículos comprados com dinheiro público.

Caso semelhante é o de Flávio Nogueira Jr, ex-secretário de Turismo, que destinou dinheiro público para uma festa na cidade de Santo Inácio e teve seu nome colocado como um dos realizadores do evento.

Estamos, mais uma vez, abrindo uma representação contra Marden Menezes no Ministério Público Eleitoral e vamos pressionar por investigação célere. A prática do uso da máquina pública deve ser combatida, pois desequilibra o pleito eleitoral.

LEIA MAIS: SETUR destina R$ 260 mil para festa e coloca Flávio Nogueira pai e filho como patrocinadores