Assembleia Legislativa · 20 de abril de 2021

Filho de Dr. Pessoa, João Duarte, acumula duas Secretarias na Prefeitura e ainda é assessor parlamentar na Assembleia

O filho do prefeito Dr Pessoa, João Duarte, é Secretário da Juventude e da Empresa de Desenvolvimento Urbano já acumulando, de forma imoral, duas secretarias na gestão do próprio pai. Porém, agora ele possivelmente incorre em ilegalidade: seu nome também está na folha de pagamento da Assembleia Legislativa no cargo de Assessor Parlamentar.

Quando Dr Pessoa nomeou o próprio filho para a genérica Secretaria da Juventude – que serve apenas como cabide de emprego – fomos os primeiros a criticar. Há um entendimento do STF, no entanto, que nomeações para cargos políticos não se configura mais nepotismo (por isso há tantos parentes como secretários em prefeituras por todo o Piauí). Isso não significa que a ação não seja completamente imoral.

Independentemente de João Duarte ser qualificado para os cargos, o fato de ser filho do prefeito já o torna totalmente incompatível para qualquer cargo na esfera pública – sua nomeação para DOIS CARGOS é a desvirtuação das funções públicas e uma demonstração que Dr Pessoa e seu filho não diferenciam o que é a coisa pública do que é privado.

Ao assumir a posse de suas Secretarias, João Duarte falou em corte de gastos e privilégios, mas nada disso aconteceu – seu privilégio de ter um CPF Premiado ele não abandonou.

Assim como em outros casos – inclusive envolvendo outros secretários da Prefeitura – vamos denunciar especificamente esse acúmulo de cargos para o Ministério Público.