Assembleia Legislativa · 18 de abril de 2021

Eu, você e todos os Piauienses sustentamos defuntos da Política e seus familiares

Tomaz Teixeira, candidato a vereador de Teresina em 2020 que teve menos votos que a Beth Cuscuz (207 > 201), é um ex-deputado que teve seu último mandato em 1995 – há 26 anos – mas continua sendo sustentado pela sociedade piauiense com uma pensão de mais de R$ 17 mil. Seus filhos e ex-esposa também recebem pela Assembleia Legislativa.

Seus filhos Tomaz Teixeira Filho e Gabrielle Teixeira, Manoela recebem R$ 1.100, R$ 1.400 e R$ 1.400, respectivamente, com os cargos de assessores parlamentares. Enquanto sua ex-esposa, Maria Cecília Ferreira, recebe R$ 6.858,66 como Assessora Técnica Legislativa.

Pelo Governo do Estado, como Técnico Auxiliar, ele ainda leva a bolada de R$ 19.604,14 de dinheiro público.

Só de pensão, com dinheiro da sociedade em valores atualizados, os piauienses já deram mais de R$ 5 milhões. O que dava para fazer com esse dinheiro em prol da sociedade?

Estamos sustentando um defunto político que se intitula jornalista independente, que deixou a política há quase 30 anos e ainda coloca toda sua família para viver as custas de todos os cidadãos piauienses.