Geral · 30 de abril de 2022

Entenda o esquema de Wellington Dias no Centro de Convenções

Em março, o Governo do Piauí inaugurou a obra do centro de convenções após quase 15 anos, mas tem algo muito esquisito nessa reforma que ele não te contou. Uma reforma que já custou milhões aos cofres públicos (cerca de R$ 28 milhões) foi entregue para uma empresa privada investir mais R$ 7 milhões e ser a dona por 20 anos, mas agora a empresa está pedindo R$ 8,5 milhões a mais do Governo por conta da realização da obra.

Denunciamos aqui na página que essa PPP era mais uma manobra de WELLINGTON DIAS, RAFAEL FONTELES E VIVIANE MOURA para entregar um bem público para a inciativa privada em que a contrapartida para isso será mais prejuízos para a população, que já gastou dinheiro público no local sem ter nenhum retorno.

Como o governo faz um estimativa de um valor de R$ 7 milhões para que empresa gaste na obra e fique dona do bem, mas irá pagar mais R$ 8,5 milhões para essa mesma empresa de serviços extras?

Entenderam a matemática do governo? Estamos pagando para entregar uma obra pública para uma empresa privada!

RESUMINDO: O Governo do Estado vendeu por sete, a empresa não paga NADA e usa esses R$ 7 milhões reformando um local que o governo já estava reformando há anos, então a empresa diz que gastou R$ 15,5 milhões e o Governo paga os R$ 8,5 milhões que faltaram. A empresa fica com esse equipamento público de forma privada.

Esse é um grande esquema envolvendo milhões de reais em uma reforma que o governo dizia que já estava 80% concluída e agora a empresa passa alguns meses reformando novamente e nós vamos pagar mais R$ 15 milhões para não sermos donos de NADA.

Wellington mente mais uma vez, ele não entregou um centro de convenções para a população do Piauí, ele arrumou mais um amigo para dar de presente um patrimônio público milionário às nossas custas.