CMT · 3 de maio de 2021

Em poucas horas, já conseguimos mais de 30 pedidos de notas fiscais da Câmara. Recusa em responder informações é crime

Cada vereador tem cerca de R$ 18 mil/mensais de verba indenizatória. Esse dinheiro é para apoio do exercício do mandato e geralmente é usado para contratar agências de publicidade, escritórios de advocacia, aluguel de veículos etc.

Em janeiro, O Piauiense revelou que vários vereadores alugaram carros acima do valor normal de mercado. A vereadora Thanandra alugou dois Ford KA por R$ 8.800. Bruno Vilarinho alugou uma Hilux, que havia sido do deputado Pablo Santos, por R$ 8 mil/mensais e diversos outros parlamentares alugaram com preços mais altos que o normal.

Após nossa exposição de possíveis irregularidades no aluguel de veículos, houve diversas manifestações dos vereadores afirmando que era um absurdo que eles estivessem sendo expostos. A página O Piauiense acabou sendo criticada durante sessão por Jeová Alencar que, pouco depois, mandou retirar do ar todas as notas fiscais.

Ontem, solicitamos que os teresinenses entrem no site www.teresina.pi.leg.br/transparencia/solicitacao.php e façam essa solicitação exigindo as notas fiscais de TODOS os vereadores. Em caso de recusa, a Câmara estará cometendo crime em relação a Lei de Acesso à Informação e podem responder por improbidade administrativa.

Ajude Teresina. Entre no site, faça a solicitação e envie para a gente!