Esperantina · 16 de abril de 2022

Em Esperantina, vereador cassado continua no cargo há quase um ano

Em Esperantina, o vereador Richardson Melo Ribeiro foi condenado a perder seus direitos políticos pelo crime de estelionato (171). Mesmo assim, a Câmara de Vereadores da cidade se recusa a tirá-lo do poder e ele mantém seu mandato.

Ribamar foi condenado em razão de, no ano de 2012, ter induzido um homem a lhe pagar dinheiro e outros bens para supostamente agilizar o trâmite de uma ação de indenização da vítima no Tribunal de Justiça, sob o pretexto de que tais valores seriam para pagar custas e despesas do processo, comprovando-se nos autos que tal montante ultrapassou R$ 10.000,00.

A perda dos direitos políticos de Richardson ocorreu em AGOSTO de 2021, já estamos em abril de 2022, portanto, quase um ano após a decisão e nada mudou para o ex-vereador em exercício.

Quando falamos de Esperantina é claro que precisamos falar do criminoso por trás de tudo o que acontece na cidade: Themístocles Filho.

Richardson é protegido de Themístocles e da prefeita Ivanária Sampaio e por isso tem sido acobertado a continuar no cargo.

O Ministério Público já chegou a exigir explicações da Câmara de Vereadores de Esperantina sobre os motivos porque Richardson ainda não perdeu o cargo.

Se você ainda tem dúvidas de como Themístocles Filho age no Piauí totalmente fora do radar das leis, aí está mais uma demonstração do seu poder criminoso.