CMT · 28 de abril de 2021

Com transparência até demais, Câmara omite notas fiscais de gastos de fevereiro

Com transparência até demais, de acordo com o vereador petista Deolindo Moura, a Câmara de Vereadores de Teresina finalmente atualizou as informações referentes as verbas indenizatórias de fevereiro – diferente de janeiro, não há mais as notas fiscais sobre os gastos dos parlamentares.

A partir de agora, a sociedade teresinense não sabe mais com quais empresas e de que forma seu dinheiro está sendo usado pelos parlamentares – só temos os valores sem especificações, conforme mostra a imagem acima.

Esse é um ambiente perfeito para práticas criminosas – e conforme denunciamos, há vários indícios de irregularidades nesses gastos dos vereadores.

Eles podem, por exemplo, alugar carros superfaturados e receber o dinheiro de volta ou até mesmo comprar um carro, ilegalmente, com o dinheiro da verba indenizatória .

Finalmente, Jeová Alencar adequou o portal da transparência para que fique do jeito que ele e a maior parte dos outros vereadores necessitam que sejam: obscuro e sem as informações que mostram como eles atuam.