CMT · 27 de abril de 2021

Câmara de Vereadores de Teresina abriu concurso, pegou dinheiro dos concurseiros e nunca fez a a prova

A Câmara de Vereadores de Teresina abriu concurso, no ano passado, mas nunca fez as provas, que já mudaram de data três vezes. A justificativa, no entanto, não convence.

A primeira delas é que, por conta da pandemia, iriam adiar a prova que deveria ter acontecido em 18 de outubro – mês em que campanhas eleitorais estavam a todo vapor, inclusive para os vereadores da Câmara.

Depois, o concurso foi alterado para acontecer dia 14 de março e, pelo mesmo motivo alegado anteriormente, a prova foi adiada mais uma vez (agora não remarcaram a terceira data).

Concurseiros reclamam que o dinheiro foi pago, já havia a flexibilização das medidas restritivas e que não faz sentido que estejam perto de chegar a um ano após as incrições.

Enquanto a Câmara de Vereadores possui mais de mil comissionados, o concurso abria 5 vagas para assistente legislativo, 1 vaga para analista de informática, 2 para assessor jurídico legislativo e 1 vaga para procurador.