Corrupção · 22 de abril de 2021

A farra das famílias: Pagamos quase R$ 110 mil/mensais para a família de Deputado Fábio Xavier

A farra das famílias é um dos escândalos dentro do Escândalo dos CPFs Premiados. A família do deputado estadual, Fábio Xavier, por exemplo, recebe, mensalmente, mais de R$ 110 mil de dinheiro da sociedade. Só a sua mãe recebe 4 contracheques públicos.

A dona Maria da Conceição Xavier, a Concita, mãe de Fábio, é viúva do ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Xavier Neto, morto em 2012. Por conta disso, ela recebe duas pensões: uma pela Assembleia Legislativa – já que ele havia sido deputado – no valor de R$ 17.878,44 e outra pensão pelo Tribunal de Contas no valor de R$ 35.462,22.

Não faz sentido que Concita Xavier receba duas pensões – uma pela Assembleia e outra pelo Tribunal de Contas do Estado – e, ainda assim, ainda ter um cargo comissionado na ALEPI como “consultora”. Pagar quase R$ 70 mil e ainda ter um acúmulo de cargos com um custo tão alto é uma sangria muito danosa aos cofres públicos. Para completar: que tipo de trabalho de consultoria ela realiza na Assembleia para receber um salário de 16 mil reais?

Além disso, o irmão e a cunhada de Fábio Xavier têm carguinhos na Assembleia Legislativa, conforme a imagem que ilustra essa matéria.

Para finalizar, Fábio Xavier e seu irmão, Gustavo Henrique Xavier, se revezam no cargo de Secretário Das Cidades, no Governo Wellington Dias – uma hora é um, outra hora é outro que assume a pasta.

Esse é o custo mensal que pagamos para uma família que pouco oferece ao Piauí e muito arrecada dos piauienses todos os anos