Por que Lula é tão forte no Piauí?

Com 13 anos de PT, o Piauí continua um dos estados mais pobres do Brasil

Lula é forte no Piauí. Nas últimas eleições presidenciais, sua candidata, a ex-presidente que sofreu impeachment, Dilma Rousseff, venceu em todas as cidades do estado (mas que esse estigma não fique só com a gente, ela também venceu em todas as cidades do Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, Amazonas e Amapá). Algumas pesquisas já dão que Lula pode até mais de 80% por aqui. Com péssimos índices em desenvolvimento econômico, educacional e farto de políticas assistencialistas, o Piauí é terra fértil para políticos demagogos, que prometem mundos e fundos em troca de um “mero voto”.

O que faz de Lula tão forte no Piauí?

Existem diversas explicações para a força de Lula por aqui. Uma delas é ter roubado para si o título de “criador do Bolsa Família”, mesmo tendo apenas unido vários programas criados por FHC. O ex-presidente, juntamente com o governador Wellington Dias, criaram diversas políticas que tanto ajudaram a manter a população na miséria como ainda atribuíram algumas ajudinhas como mérito apenas deles próprios.

Como dito em outra matéria d’O Piauiense, Wellington Dias gasta mais de R$ 24 milhões em publicidade, que daria para melhorar vários índices do Piauí como, por exemplo, o educacional. Um valor considerável para alguém que é um excelente governador e admirado por todos, não é mesmo?

Veja a seguir uma pequena lista que mostra como o PT mantem o Piauí no controle e porque Lula e seus asseclas ainda possuem tantos votos no nosso estado:

1. O Piauí é o segundo estado mais pobre do Brasil

Perdendo apenas para A Terra dos Sarney, o Maranhão, o PIB do Piauí é o 2º menor do Brasil. Mesmo tendo tido um aumento de mais de 84%, ainda assim não ultrapassou nenhum outro estado da federação, o que demonstra o atraso que estamos em relação aos outros estados. Além disso, possuímos diversas cidades em que a grande maioria da população ainda mora na zona rural, sem acesso a rede de esgoto (mais de 204 das 224 cidades do Piauí não tem rede de saneamento básico), escolas, rede elétrica. Com a grande maioria da população vivendo apenas do Bolsa Família e das ameaças dos políticos locais de retirar o benefício.

2. Temos péssimos indicadores em Educação

Lula é doutor pela UFPI

Apesar de uma boa parcela das pessoas acreditarem que o Piauí tem uma educação que compete com o resto do Brasil (por causa do Dom Barreto e de algumas poucas escolas públicas com bons índices no ENEM), a realidade é que o Piauí é um dos estados mais atrasados do Brasil, com mais de 98% dos municípios com baixo nível de educação. Segundo o Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB), em uma escala de 0 a 10, o Piauí tem nota 3,9 e está na 20ª posição no ranking. Ah! E não se esqueça de se dirigir ao excelentíssimo Doutor Lula, que recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Piauí, mesmo tendo terminado apenas o Ensino Fundamental.

 

3. Os meios de comunicação do Piauí são quase todos aliados financeiros do PT

O Governador Wellington Dias é um dos poucos petistas que não foi condenado pelos recentes escândalos de corrupção com o partidão. Para levar o seu nome e o de Lula para os últimos confins do Piauí, ele gasta, anualmente, mais de R$ 24 milhões para patrocinar redes de televisões, outdoors, portais de notícias e jornais para levar sua mensagem. Para se ter uma ideia do que isso significa, basta ligar a TV ou acessar qualquer portal de notícia e procurar qualquer notícia negativa contra o governador e ter a certeza de que muito pouco será encontrado.

Com uma imprensa amordaçada e bajuladora, com péssimos índices econômicos, sociais e educacionais, com uma população faminta e mal informada, não é difícil reinar com promessas assistencialistas e impossíveis de serem cumpridas. Os índices do Piauí melhoraram timidamente desde a primeira eleição de Lula, em 2002, mas a falsa sensação de estar ser feito algo mantem os patamares eleitorais de Lula lá em cima.

É possível combater no Lula? Sim, os índices de segurança, por exemplo, assustam qualquer um e todos sabem de quem é a responsabilidade por tamanho crescimento da criminalidade no Estado, que é o que menos investe em segurança de todo o Brasil.

Em outras postagens, vamos falar sobre como a Segurança Pública pode salvar o Piauí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *