Até quando vamos aceitar o péssimo transporte público de Teresina?

O transporte público de Teresina é, certamente, o serviço municipal mais mal avaliado pelos teresinenses. A licitação não resolveu. A integração não resolveu. Os problemas apenas se acumulam e crescem, mas eles podem ser resumidos em um único grande problema: a falta de concorrência no setor.

Sem concorrência, um grupo de poucas empresas atuam, há anos, no transporte público sem oferecer o mínimo de qualidade, formando um cartel para fixação de preços (você paga o mesmo valor seja para onde for!), em ônibus completamente lotados e inseguros.

Soluções mirabolantes e inúteis já foram altamente propagadas pela cidade. Primeiro diziam que a licitação era o grande problema do transporte. Sem licitação não havia qualidade. A licitação foi feita em 2014 e o que mudou? Absolutamente nada. As mesmas empresas continuaram atuando e oferecendo o mesmo péssimo serviço.

Depois, começaram a bater na tecla da integração do sistema. Começou em 2012 e foi ampliado com o Inthegra em 2018 – mais uma vez, NADA MELHOROU. Quanto mais medidas a Prefeitura de Teresina tomou para resolver o problema do transporte, mais ele piorou. E isso aconteceu porque a solução não está no poder público e sim na iniciativa privada.

Isso precisa mudar!

A solução é abrir o mercado para qualquer empresário que queira atuar. Flexibilizando preços, rotas e meios de transporte. Por que é proibido que qualquer empresário que possua uma van, ônibus ou microônibus fazer o transporte de pessoas na capital? Não faz nenhum sentido.

A Prefeitura de Teresina tem verdadeira ojeriza ao livre mercado como o episódio do Uber em 2016 comprovou. Mas essa é a solução definitiva: incentive o livre mercado, a livre concorrência e deixe que diversos empresários disputem clientes, aumentando a qualidade e diminuindo os preços do transporte em Teresina.

A sociedade – principalmente a mais pobre – agradece!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *